RSS

My Old Man

26 dez

A primeira lembrança que tenho de toda minha vida, e pela forma que ficou gravada no meu cérebro, não me deixa dúvidas de que é o fato mais antigo que posso recordar. Um fragmento, a imagem de duas pessoas sentadas em uma mesa, uma de cada lado, minha visão era de frente para a quina, a mulher do lado direito, o homem do lado esquerdo. A ‘fotografia’ que tenho é de estar olhando para cima e sei que estava bem abaixo do nível da mesa, seus olhos estavam atentos ao que acontecia comigo:

– Parece que ele engasgou – Disse ele

– Será que o pedaço era muito grande? – Ela completou.

Eles tinham me dado um pedaço de carne, e é só isso que me lembro. Porém o mais importante é o fato que ele estava lá.

Incontáveis são os momentos da minha vida que foram importantes e sua presença marcante, me educando, me ensinando, me dando ordens, ou simplesmente sendo a referência. Lembro das tardes após a escola, por volta das 3 da tarde, eu chegava em casa, tomava café, ele só arrumava as coisas e íamos para o futebol. Eu, com meus 8 ou 9 anos, ficava na arquibancada assistindo e torcendo pelo craque apelidado de ‘Kemps’ ou ‘Baixinho’. Eram momentos únicos, afinal sempre foi o futebol que fortaleceu nossos laços. Tem pessoas que pescam, tem gente que segue a mesma profissão, outros que continuam a mesma trilha musical, a nossa ligação, até mesmo por eu ter escolhido o time dele para torcer, sempre foi esse esporte tão forte em nossas vidas.

Passamos pela existência, e nem sempre conseguimos quantificar a importância de certas pessoas na formação de nosso caráter, de nossa estrutura, de nós como indivíduos. Por tantos ‘nãos’, por tantos ‘sims’, por tantas vezes que foi severo, por tantas vezes que vi orgulho em seu olhar por algo que eu tenha feito, por saber que um dia talvez terei a benção de estar em seu lugar, eu posso dizer meu muito obrigado.

Pra não dizer que não falei das flores, todas as vezes que vejo esta passagem ao vivo de “Out of Control”  e o Bono agradece ao seu ‘old man’ pelos trocados que ajudaram a começar toda a história da banda, lembro de todos os trocados dados a mim pelo meu ‘old man’, fruto de muito suor dele, trabalhando honestamente para criar minha família e sei que ele, que perdeu o seu pai tão cedo, e quase nem teve essa referência que sou muito privilegiado por te-la. E no Brasil em 2006, Bono novamente agradece na música ” Sometimes You Can’t Make It On Your Own” e faço deles as minhas palavras, praticamente todas. Obrigado my old man, muito obrigado.

por Jonas Ribeiro

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em dezembro 26, 2009 em All Posts, Notas Musicais

 

Tags: , , ,

2 Respostas para “My Old Man

  1. Fabiano Pereira

    fevereiro 9, 2010 at 14:45

    Desacreditando no Mini Jonas.

     
  2. fabieli09

    março 17, 2010 at 18:08

    Ao ler este post pude me emocionar e recordar de alguns dos momentos inesquecíveis que passei ao lado do meu pai. A minha ligação com ele sempre foi e até hoje é muito forte e podemos nos entender através de um sorriso, um olhar e até mesmo um simples gesto, nós sem dúvidas vivemos em sintonia. Apesar de não torcermos pelo mesmo time, afinal eu nem sou fã de futebol, o que nos uni é a admiração mútua que existe entre nós – personalidades muito parecidas e com a mesma essência. Durante o baile da minha formatura dancei a valsa ao lado do meu herói e olhei pra ele e sussurrei: Pai eu consegui – os olhos dele se encheram de lágrimas e um filme passou por nossas mentes. A sensação que sentimos foi de orgulho, emoção e vitória. Repetindo mais uma vez a frase “Obrigado my old man, muito obrigado”.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: